sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

10 anos ou uma década e meia

Há dez anos vesti o meu primeiro fato. Era preciso estar à altura. Afinal, não é todos os dias que se celebra a beleza e não estou a falar da física.

Acordei cedo, ainda não sabia fazer nós de gravata. A miúda já estava na sala, à espera. A 3 km havia quem precisasse de álcool. Nervosismo.

Cerimónia.

Como não havia drive-in, rádio para ouvir o relato. Não sei se foi mesmo assim, mas é como eu me lembro. Dois golos de Cadete ao Rio Ave. Estreia de Pepa. Golo de Pepa. Vitória encarnada.

Dez anos depois, ainda cá andamos todos. Bem, o Pepa talvez não. Mas o importante está cá, mais o sufixo Jaime. A vocês os dois um grande abraço e um obrigado por terem criado a pessoa que mais gosto no mundo e que desde há duas semanas me acorda todas as manhãs.

E como dez anos é pouco tempo, um brinde aos vossos quase 15.

6 comentários:

Jo disse...

Foi uma festa mesmo bonita, pá. Fogo, que saudades daquele dia. E eu nem me embebedei...

P.S: Pelos vistos há duas Jos neste pequeno circuito bloguistico. Eu sou a que não tem boneco (por enquanto)no quadradinho aqui ao lado.

Zi disse...

Já te percebi. Já sei distinguir :) Bem-vinda

Jo disse...

A malta não sei quantas horas a pensar numa camuflagem, num nome mesmo fixe, mesmo único, e vai-se a ver e revela-se tão original como uma menina mascarada de fada no Carnaval...

Beijinhos

Rita disse...

Eh eh eh.... Obrigada maninho :) Love U

AquiloQueEuSou disse...

Bem...esta música só me lembra AMARES!!! ;) mas parabéns aos meninos!!!!!! há que celebrar sempre..SEMPRE! :)

*

Xano disse...

Sorriso com lágrimas saudáveis. Envoltos num grande abraço